quarta-feira, 22 de março de 2017

FALANDO SOBRE A SAÚDE DE COELHO NETO - MA...

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, sapatos e área interna
Cristiane Bacelar Secretária de Saúde
O titular do Blog do João Osório, esteve nesta quarta - feira (22/03), na Secretaria de Saúde  em uma conversa franca com a titular da pasta  Cristiane Bacelar, onde a mesma foi bastante sincera sobre a Saúde do Município, explicou sobre  a complexidade da pasta em questão e que como foi uma vereadora de oposição que cobrou do governo anterior melhorias na Saúde, quando assumiu a pasta sabia que não seria fácil reestruturar a saúde de Coelho Neto, que foi deixada pelo governo anterior um caos total, mas medidas estão sendo tomadas, como o empoderamento das UBS´s, criação dos conselhos comunitários de saúde as medidas resolutivas que estão sendo tomadas muito em breve devem surtir o efeito esperado e  a saúde do nosso município vai melhorar bastante pois tanto o Prefeito Américo, quanto a secretária de Saúde estão trabalhando para isso.

O grande problema hoje de Coelho é a UPA, pois foi passado pelo governo anterior que a UPA seria a grande salvação e seria o primeiro Hospital do Município e não é verdade isso pois a UPA é somente para atendimento de urgência e emergência.

Gripe, mal-estar, torções, fraturas ou acidentes. Quando acontece algum problema desses, muitas pessoas têm dúvida por qual serviço de saúde deve recorrer.



A hesitação entre escolher um posto de saúde ou a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) ou um hospital é comum entre os usuários do sistema de saúde e acaba, inclusive, provocando filas desnecessárias e ocupando profissionais que poderiam estar cuidando de outras enfermidades.

Os postos de saúde são a porta de entrada do SUS (Sistema Único de Saúde). São a eles que as pessoas devem se dirigir para consultas de rotina, acompanhamentos médicos, receitas e vacinas. “Os postos de saúde são as unidades de primeiro contato com o paciente e têm compromisso de atender às pessoas na região onde moram ou trabalham. Nestes locais, os profissionais de saúde vão se articular com outros pontos de contato da rede para solicitar exames ou internações

Na UPA, que funciona 24 horas por dia, são realizados atendimentos de média complexidade, na UPA, o paciente será estabilizado e, quando necessário, será encaminhado ao pronto-socorro do hospital.

A imagem pode conter: 14 pessoas, pessoas sorrindo, atividades ao ar livre

Posto de saúde: É a unidade de atenção básica, a porta de entrada do SUS, onde são realizados exames, consultas e acompanhamento médico, além de entrega de remédios e aplicação de vacinas. Quando necessário, solicita a outros serviços de saúde o encaminhamento do paciente. Utilização: traumas leves, sintomas leves de gripe, tonturas, dor abdominal leve, mal-estar, conjuntivite, entre outros.


UPA: É a unidade de urgência e emergência para serviços de média complexidade, é um meio-termo entre centro de saúde e hospitais, com mais recursos do que um posto de saúde. A gravidade do risco, e não a ordem de chegada, determina a rapidez com que o paciente será atendido. Funciona diariamente 24 horas, inclusive nos fins de semana

Hospital: Unidade que deve atender casos de alta complexidade e emergência, encaminhados pelos postos de saúde, UPA ou por ambulâncias, além de fazer atendimento clínico geral em diversas especialidades.


POSTAGEM EM DESTAQUE

LICENÇAS DA POLÍCIA CIVIL PARA FESTAS VÃO DEPENDEM DE LIBERAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

As licenças da Delegacia de Polícia Civil para festas na cidade de Coelho Neto - MA dependem agora da liberação por parte da Secretari...