domingo, 19 de março de 2017

Divulgada lista suja do trabalho escravo no Maranhão



Obtida através da Lei de Acesso à Informação (LAI), a nova lista do trabalho escravo atualizada tem 250 empregadores, autuados no país em decorrência de caracterização de trabalho análogo ao de escravo e que tiveram decisão administrativa final. Do Maranhão, são 17 na lista suja.

Entre os mais conhecidos estão o juiz Marcelo Baldochi, o empresário agropecuarista Dedé Macedo e o ex-namorado da prefeita ostentação de Bom Jardim, Beto Rocha.

Baldochi ficou muito conhecido no ano passado por ter dado voz de prisão a um funcionário da TAM no aeroporto de Imperatriz porque o check-in já havia se encerrado quando ele chegou ao aeroporto. Desde 2007, o juiz é relacionado ao trabalho escravo na fazenda Pôr do Sol, em Açailândia, de sua propriedade.

Beto Rocha, que foi preso pela Polícia Federal por desvio de verba em Bom Jardim, também está na lista. Beto não pode ser candidato a prefeito de Bom Jardim por ser ficha suja e colocou a então namorada, Lidiane Leite para concorrer, vencendo a eleição. Lidiane se tornou notícia internacional pela ostentação nas redes sociais em meio a acusações de improbidade no município.

Dedé Macedo é muito conhecido nos meios políticos do Maranhão. O empresário é pai do deputado Fábio Macedo e do ex-prefeito de Dom Pedro, Hernando Macedo. Ele foi enquadrado pelo trabalho análogo à escravidão nas Fazendas São Francisco e Bela Vista.

Em relação à última lista, que tinha 22 nomes de empregadores maranhenses, houve 8 retiradas e 3 inclusões.

Confira os nomes:

1 Alexandre Vieira Lins – Fazenda Sara (Rod. BR-135, km 122, Miranda do Norte)

Trabalhadores resgatados: 4

2 Antônio Macedo Costa – Fazenda São Francisco (Fazenda Pequizeiro, Povoado Pequizeiro, zona rural, Vitorino Freire)

Trabalhadores resgatados: 11

3 Antônio Richart – Fazenda Morro Alto (Rod. BR-222, km 86, adentro 18 km, Vila Nova dos Martírios)

Trabalhadores resgatados: 6

4 Azilda Pereira de Sousa – Fazenda Nova Esperança (Estrada do Iúma, km 52, Brejão, zona rural, Bom Jardim)

Trabalhadores resgatados: 10

5 Domingos Moura Macedo – Fazenda São Francisco/ Fazenda Bela Vista (Rod. BR-316, km 384, estrada Bacabal a Alto Alegre, zona rural, Bacabal)

Trabalhadores resgatados: 8

6 Humberto Dantas dos Santos – Fazenda Garrafão (Antigo Povoado do Garrafão, zona rural, Bom Jardim)

Trabalhadores resgatados: 6

7 José Wilson de Macedo – Fazenda Santa Luz (zona rural, Peritoró)

Trabalhadores resgatados: 12

8 Marcelo Testa Baldochi – Fazenda Vale do Ipanema (zona rural, Bom Jardim)

Trabalhadores resgatados: 4

9 Miguel Almeida Murta – Fazenda Boa Esperança (Gleba Bambu, Povoado Córrego Novo, zona rural, Açailândia)

Trabalhadores resgatados: 5

10 Miguel de Souza Rezende – Fazenda Zonga (Rio dos Bois, Rod. BR-222, km 535, zona rural, Bom Jardim)

Trabalhadores resgatados: 1

11 Nilo Miranda Bezerra – Fazenda Palmeirinha/Pau de Terra (Estrada de Carolina a Balsas, 5 km, à esquerda, 18 km, zona rural, Carolina)

Trabalhadores resgatados: 3

12 Palmireno dos Santos Silva – Fazenda Victória (Estrada do Rio dos Bois, zona rural, Bom Jardim)

Trabalhadores resgatados: 11

13 Raimundo Nonato Alves Pereira – Fazenda Santa Cruz (zona rural, Santo Antônio dos Lopes)

Trabalhadores resgatados: 3

14 Raimundo Nonato Oliveira Lima – Fazenda São Pedro (Rod. BR 316, Povoado São João das Neves, 11 km, zona rural, Peritoró)

Trabalhadores resgatados: 3

15 Sebastião Lourenço Rodrigues – Fazenda Tamataí (Povoado Brejo do Piauí, zona rural, Santa Luzia)

Trabalhadores resgatados: 7

16 Teresinha Almeida dos Santos Silva – Fazenda Norte e Sul (Fazenda Sozinha, Povoado Caldeirão, zona rural, Altamira do Maranhão)

Trabalhadores resgatados: 21

17 Zurc – Saneamento e Construções Ltda – Obra da Ufma (Avenida da Universidade, Bom Jesus, Imperatriz)

Trabalhadores resgatados: 17



Fonte: Clodoaldo Corrêa