quinta-feira, 15 de junho de 2017

Luis Serra impõe primeira derrota contra Américo no caso Ivan Ruy

Hospital Ivan Ruy


Está justificado o silêncio sepulcral dos governistas no que diz respeito a tão falada reforma do Hospital Ivan Ruy: é que o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) sofreu recentemente sua primeira derrota na questão.


É que o juiz da 1ª Vara Dr Paulo Roberto Brasil Teles de Menezes concedeu liminar favorável ao empresário Luis Oliveira Serra e determinou que o município de Coelho Neto se abstenha de se imitir na posse do bem descrito como imóvel número 2, sob pena de multa diária de R$ 2.00,00 (dois mil reais), em caso de descumprimento, a ser revertido ao autor, até o limite de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais).


Após a decisão arbitrária e com requinte de perseguição do prefeito em desapropriar o terreno do ex-adversário, Serra entrou na justiça com uma Ação Declaratória de Nulidade de Decreto Expropriatório alegando entre outras razões o revanchismo do prefeito em razão da disputa eleitoral, com comprovação nos autos.


“A animosidade entre os mesmos fora comprovada pelas provas juntadas aos autos, já que é patente pelas inúmeras notícias de blogs e sítios especializados em política que os dois candidatos trocavam acusações entre em si e possuem uma nítida rivalidade política”, diz o juiz no seu relatório.


A decisão do juiz mesmo que através de liminar é um banho de água fria nos projetos do petista que tentava a todo custo desapropriar as terras do empresário com a desculpa de ampliação do hospital.


E o prefeito-perseguidor sofre sua primeira derrota… 

Do Portal Gaditas