quarta-feira, 14 de junho de 2017

Imóvel do Grupo João Santos é arrematado por R$ 21 milhões

 

Uma rede empresarial de Pernambuco arrematou, por vinte e um milhões e cem mil reais, um terreno de 13.923 m², no bairro da Imbiribeira, fruto de alienação judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 6ª Região (TRT-PE). Ao todo, três imóveis do Grupo João Santos foram levados a venda direta na manhã desta sexta-feira (09), no auditório do Fórum Advogado José Barbosa de Araújo. A sessão foi presidida pelo juiz gestor regional da execução trabalhista, Eduardo Brennand Câmara, e contou com a presença da procuradora do trabalho Débora Tito Farias, bem como de representantes do Sindicatos das Industrias de Cimento e de Papel (SINDPAPE) e do grupo econômico executado.

O arrecadado será revertido para o pagamento de dívidas trabalhistas registradas em uma Ação Civil Pública de iniciativa do Ministério Público do Trabalho contra o Grupo João Santos e, possivelmente, para outros débitos que o reclamado possua em outros processos da Justiça especializada. A rede empresarial ficou famosa pela produção de cimento desde os anos 50 até o início do século XXI, e também atuou em setores como produção de papel, álcool e etanol.

Em relação aos outros dois imóveis ofertados nesta data, um não obteve licitantes e o outro teve a alienação sustada em razão de divergências sobre a área de abrangência da propriedade.

Fonte: Tribunal Regional do Trabalho da 6º Região - Pernambuco

POSTAGEM EM DESTAQUE

Governo 'bate de frente' com a Cemar para evitar aumento na conta de energia

Simplício Araújo  Secretário de Indústria, Comércio e Energia O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Indústria, Comérci...