terça-feira, 9 de maio de 2017

VIGILÂNCIA SANITÁRIA DE COROATÁ - MA, FAZ INCINERAÇÃO DE PERFUROCORTANTES



O chefe do departamento de Vigilância Sanitária de Coroatá, Hallison Wanderley, explicou ao Blog que os resíduos perfurocortantes constituem a principal fonte potencial de riscos, tanto de acidentes físicos como de doenças infecciosas. 



São os objetos e instrumentos contendo cantos, bordas, pontos ou protuberâncias rígidas e agudas, capazes de cortar ou perfurar, tais como: lâminas de barbear, bisturis, agulhas, escalpes, ampolas de vidro, lâminas e outros assemelhados provenientes de serviços de saúde.




Visando prezar pela população coroataense esses resíduos estão sendo incinerados e assim evitar uma possível contaminação. 



Procedimentos recomendados para o descarte são:

-Os resíduos perfurocortantes devem ser descartados em recipientes de paredes rígidas, com tampa e resistentes à autoclavação. Estes recipientes devem estar localizados tão próximo quanto possíveis da área de uso dos materiais.

-Os recipientes devem ser identificados com etiquetas autocolantes, contendo informações sobre o laboratório de origem, técnico responsável pelo descarte e data do descarte.

-Embalar os recipientes, após tratamento para descontaminação, em sacos adequados para descarte identificados como material perfurocortantes e descartar como lixo comum, caso não sejam incinerados.

-A agulha não deve ser retirada da seringa após o uso.

-No caso de seringa de vidro, levá-la juntamente com a agulha para efetuar o processo de descontaminação.

-Não quebrar, entortar ou recapear as agulhas.


-Incinerados.

 A equipe era composta pelo chefe do departamento de materiais e patrimônio Daniel Lucas responsável pelo dispensação dos resíduos, Denílson Moderação, Raimundo Cabeça e Jorge agente Sanitário e o chefe da VISA ,Hallison Wanderley.