quinta-feira, 20 de abril de 2017

Se produzir celulose a partir do bambu, para fabricar certos tipos de papel, é um bom atrativo, por que as gigantes do ramo como: Klabin, Suzano e Fibria não se interessaram pela compra da Itapagé?

Resultado de imagem para CELULOSE

Em recentes pesquisas constatei que  de fato é um negócio atrativo e no Brasil  deveríamos ter pelo menos umas 5 fábricas em operação no país, porque área para plantar nós temos. E isso não acontece? Por que?


- será que é pelo fato de que a demanda por papel fino e mais maleável (produzidos do eucalipto) é muito maior que a de papéis mais resistentes, como o papel cartão, kraft, etc, produzidos de bambu?



Qual a rentabilidade de celulose e papel produzido de bambu X produzido do eucalipto?
eu li sobre a história das fábricas de celulose e papel de bambu, e todas ficaram obsoletas e morreram. Por que? Onde está o pulo do gato dessa história?


Eu penso que a Direção da Itapagé poderia preparar um material:
  •  falando da história da fábrica.
  •  falando das vantagens da celulose e papel fabricados a partir do bambu.
  •  falando da rentabilidade do negocio.
  •  mostrando o potencial de exportação, tanto do bambu picotado quanto da celulose.
  •  mostrando as condições da fábrica, destacando que uma boa manutenção a colocaria em condições de produção.
  • - mostrando a produtividade da terra para o bambu, comparativamente ao eucalipto.

Quais as vantagens do bambu sobre o Pinus e o Eucalipto?


As principais vantagens econômicas do bambu, quando usado na fabricação de celulose, são:
  • Dispensa replantio, por mais de 100 anos. Novos brotos surgem espontaneamente a cada ano. O pinus é replantado depois de cada corte, que é feito aos 15 a 20 anos. O eucalipto rebrota após o corte, que é feito aos 7 anos, mas deve ser replantado depois de 4 ciclos, isto é, no 28º ano. O custo do replantio varia entre R$ 1.000,00 e R$ 2.000,00 por hectare.
  • A colheita pode ser feita de 2 em 2 anos, contra 7 do eucalipto e 15, ou mais, do pinus.
  • A produtividade do bambu (em ton/ha.ano) é semelhante à do eucalipto e quase o dobro da produtividade do pinus.

Quais são as características da fibra de bambu comparadas com o Pinus e o Eucalipto?


Os gêneros de bambu mais usadas na fabricação de celulose, nos países de maior extensão territorial, são: China – Phyllostachys (alastrantes), Índia – Dendrocalamus (entouceirantes) e Brasil – Bambusa (entouceirantes). Não existem diferenças significativas nas dimensões das fibras de bambu de espécies, ou gêneros, diferentes. De um modo geral as fibras de bambu são classificadas como fibras longas, embora tenham comprimento médio situado entre 2 e 3 mm, contra 4 a 6 mm das fibras de pinus e apenas 0,7 a 1,2 mm das fibras de eucalipto
Qual é a resistência do bambu?


As fibras de bambu têm resistência elevada, podendo substituir as fibras de pinus até mesmo em papéis Kraft, usados em sacos de cimento, por exemplo.
Quais são as suas aplicações – em que tipo de papel pode ser usado?


As fibras de bambu podem ser usadas em todas as aplicações típicas de fibras longas como sacos multifoliados, caixas de papelão ondulado, cartões duplex, além de uma variedade de outros tipos de papéis de embalagem. Já em misturas com fibras curtas de diversas proporções temos a possibilidade de fabricar qualquer tipo de papel.
Quais as desvantagens do bambu sobre o Pinus e o Eucalipto?


O bambu contém sílica e amido, que não se encontram nem no pinus, nem no eucalipto. Ambos precisam ser removidos do processo de fabricação de celulose, o que é feito sem dificuldade com tecnologia simples e plenamente desenvolvida.

A maior plantação cultivável do mundo se encontra em Coelho Neto - MA,e o Grupo João Santos já não é mais capaz de gerir  as empresas em nossa cidade infelizmente  e por conta disso já é hora do Grupo virar a pagina e passar a empresa  para outro grupo que possa  partir do zero e fazer uma fábrica nova, compacta, que produziria até mais que essa existente, com 300 a 500 empregados, ao invés de 1.200, mas já seria um começo já que o Grupo não tem condições nem de horar seus compromissos com os seus colaboradores imaginem reformar e restrutura a Itapagé , enfim é minha opinião.

Enfim com a palavra a direção do Grupo....