quarta-feira, 19 de abril de 2017

Polícia Federal deflagra operação contra fraudes no seguro-desemprego em Goiás e mais 3 estados

Corporação diz que quadrilha desviou mais de R$ 3 milhões em benefícios de trabalhadores. Há suspeita de envolvimento de policiais civis e servidores do Ministério do Trabalho e Emprego.

Policiais federais cumprem mandados em ação contra fraude em seguro-desemprego (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Policiais federais cumprem mandados em ação contra fraude em seguro-desemprego (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

A Polícia Federal deflagrou na madrugada desta quarta-feira (19) uma operação para combater fraudes no seguro-desemprego. Além de Goiás, os policiais cumprem os mandados judiciais em Minas Gerais, Mato Grosso e Pará. Segundo a corporação, a quadrilha desviou mais de R$ 3 milhões em benefícios de trabalhadores.
No total, a Operação Stellio Natus visa o cumprimento de 18 mandados, sendo nove de prisão e nove de busca e apreensão. Em Goiás, foram realizadas prisões em Goiânia, Anápolis e Caldas Novas, cujos alvos foram uma policial civil e servidores do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).
Segundo a PF, o grupo alvo da operação é suspeito de usar dados de pessoas que tinham direito ao benefício para desviar o envio do Cartão Cidadão. Assim, os integrantes da quadrilha usavam o documento para sacar o dinheiro das vítimas em agências lotéricas.
Ainda de acordo as investigações, servidores do MTE são suspeitos de vender senhas de acesso e informações para que o grupo criminoso cometesse as fraudes.
Os detidos em Goiás devem ser encaminhados para Anápolis. A corporação deve divulgar mais detalhes sobre a operação ainda nesta manhã. 

Por Fernanda Borges, G1 GO

POSTAGEM EM DESTAQUE

LICENÇAS DA POLÍCIA CIVIL PARA FESTAS VÃO DEPENDEM DE LIBERAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

As licenças da Delegacia de Polícia Civil para festas na cidade de Coelho Neto - MA dependem agora da liberação por parte da Secretari...