quarta-feira, 12 de abril de 2017

Documentos comprovam que acusação de delator contra Flávio Dino é falsa





Após novas informações surgidas sobre a denúncia contra o governador Flávio Dino na Lava Jato, ele novamente apresenta documentos que provam ser falsa a acusação de delator envolvendo o seu nome.

Segundo o despacho do ministro Edson Fachin, consta que o delator José Carvalho afirma ter repassado a quantia de R$ 400 mil ao governador Flávio Dino, no ano de 2010, época em que ele era deputado federal, na tentativa de garantir a aprovação de projeto que daria segurança jurídica a empresa Odebrecht.

O governador ressaltou que o projeto era de autoria de 32 deputados e que ele era o relator, mas foi contra a proposta que garantia investimentos em Cuba e merecia proteção legal contra os Estados Unidos.

Por outro lado, na prestação de contas de Flávio Dino, referente à campanha ao Governo em 2010, não consta nenhuma doação da Odebrecht e o valor mais alto recebido foi de R$ 250 mil.

O governador apresentou ainda, via Twitter, uma séria de documentos que comprovam que ele não participou de atos que abonem sua integridade moral. “No meu caso há palavra de uma pessoa que me acusa contra documentos que provam que a acusação é falsa”, enfatizou.


 Ele ressaltou que tudo deverá ser esclarecido e criticou a divulgação dos inquéritos. “O justo propósito de investigar crimes muitas vezes atinge injustamente pessoas inocentes. É o meu caso. Tenho absoluta certeza de que a verdade vai prevalecer, separando-se o joio do trigo”, disse o governador.






Fonte: Direto da Redação Sinal Verde

POSTAGEM EM DESTAQUE

LICENÇAS DA POLÍCIA CIVIL PARA FESTAS VÃO DEPENDEM DE LIBERAÇÃO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

As licenças da Delegacia de Polícia Civil para festas na cidade de Coelho Neto - MA dependem agora da liberação por parte da Secretari...